Aprenda A Perder Peso No Ginásio

treino

Aprenda A Perder Peso No Ginásio

Quando se pensa em ginásio, esboça-se imediatamente nalgumas mentes um cenário de transpiração exacerbada, um esforço hercúleo, um sofrimento enorme. Porém, não tem de ser assim. Perder peso pode não ser fácil, mas cabe a si torná-lo numa tarefa divertida. Aprender a desfrutar dos exercícios e ir somando benefícios a nível de silhueta e de saúde traduz uma combinação de grande bem-estar e prazer.

Os ginásios dispõem, regra geral, de uma equipa habilitada a encontrar, em conjunto com o frequentador, o plano de exercícios que mais se adequa a ele, de acordo com os seus desejos, preferências e expectativas. Neste prisma, emagrecer deixa de ser um objetivo chato e solitário, porque se encetam relações de empatia e até de amizade com companheiros que perseguem o mesmo propósito e se voluntariam a trilhar essa senda connosco.

Caminhar é o mais simples e económico dos exercícios. Não requer experiência, treino e nem sequer equipamento específico. Prolongando a duração das caminhadas, queima-se uma quantidade de calorias mais aproximada da queimada na corrida. Andar regula o ritmo cardíaco e desenvolve a força e a elasticidade, pelo que, para além de se perder peso, ganha-se músculo.

A gordura também pode ser substituída por músculo através dos pesos. Efectivamente, fazer pesos queima uma grande porção de gordura, contribuindo para definir a musculatura.

Mesmo a pessoas com problemas venosos, é possível trabalhar os contornos do corpo. Naturalmente que os desportos que auxiliam o retorno venoso, pela contração muscular e pelo efeito da pressão da água, como a natação e a hidroginástica, são os mais recomendados. A marcha, realizada com intensidade não exagerada e em piso quase direito, também é uma boa opção. Atividades que obriguem a ficar muito tempo na mesma posição ou exijam grande resistência (andar de bicicleta, levantar pesos, …) são de evitar, assim como o tempo excessivo de exercício (que não deve ir para além dos 30 a 50 minutos por sessão).

Perder gorduras localizadas é difícil, dado que os músculos vão buscar ao sangue parte da gordura que utilizam, granjeada de vários depósitos do organismo e não somente dos depósitos mais próximos dos músculos em função. A marcha, a corrida e exercícios localizados de força contribuem para adquirir uma estrutura muscular que possa assegurar a realização de atividades aeróbicas com segurança e conforto. Ainda assim, a perda será sempre gradual e há que saber esperar.